Current track

Title

Artist

Current show

Antena 1

12:00 am 5:00 am

 

Current show

Antena 1

12:00 am 5:00 am

 

Background

“Bombshell”: a escandalosa história de assédio sexual nomeada para três Óscares

Written by on January 23, 2020

Charlize Theron, Margot Robbie e Nicole Kidman são algumas das estrelas deste filme realizado por Jay Roach.

 

Três anos depois do escândalo desvendado com o aparecimento do movimento #MeToo, que fez com que vários casos de abuso e assédio sexual na indústria de Hollywood fossem denunciados, chega aos cinemas “Bombshell — O Escândalo”.

Este filme realizado por Jay Roach conta a história real das muitas acusações contra Roger Ailes, fundador e diretor da Fox News, por assédio sexual dentro da empresa. Charlize TheronNicole KidmanMargot Robbie e Kate McKinnon são algumas das estrelas da produção que está nomeada para três Óscares e três BAFTA.

Roger Ailes é interpretado por John Lithgow. Durante muitos anos, Ailes foi um consultor político republicano muito procurado. Ajudou nas campanhas que elegeram Ronald Reagan e George W. Bush, e foi conselheiro de Richard Nixon e Donald Trump.

Só no início dos anos 90 é que Roger Ailes entrou a fundo no mundo da televisão. Trabalhou na CNBC e, em 1996, o magnata dos media Rupert Murdoch contratou-o para juntos lançarem a Fox News. Por sua vez, Ailes fez acordos com diversos comentadores conservadores, atribuindo de imediato esta conotação ao canal.

A Fox News foi responsável por instigar rumores e notícias que fossem prejudiciais às administrações democratas, sobretudo a de Barack Obama. O canal lançou, por exemplo, a dúvida que virou notícia sobre a naturalidade de Obama. E referiam-se sempre ao presidente americano na altura como Barack Hussein Obama (o seu nome completo), para o tentarem associar a inimigos dos EUA, como Saddam Hussein. Por causa disso, a Fox News sempre foi muito criticada.

Ainda assim, teve sucesso. Tornou-se numa das estações de televisão com mais espectadores nos EUA — em média, havia dois milhões de pessoas a ver o canal todos os dias em 2016, quando Ailes saiu da empresa.

No entanto, este filme é sobre o outro lado negro da Fox News — sobre aquilo que se passava internamente e que muito pouca gente sabia. Falamos, claro, dos assédios sexuais sistemáticos que aconteciam dentro da empresa.

Como se pode perceber pelo elenco, Roger Ailes escolhia a dedo as pessoas que apareciam no seu canal à frente das câmaras — com uma grande tendência para mulheres magras e loiras. Além disso, como é mostrado no filme, as secretárias tinham de ser transparentes para que as suas pernas estivessem sempre visíveis. As mulheres eram encorajadas a usar saias em vez de calças.

Em 2014, foi publicada uma biografia de Roger Ailes chamada “The Loudest Voice in the Room” — quase o mesmo título da minissérie com Russell Crowe sobre o mesmo assunto, que venceu recentemente um Globo de Ouro.

Nesse livro, uma produtora da Fox News que preferiu não revelar a sua identidade disse que Ailes lhe tinha oferecido mais 100 dólares (o equivalente a 90€) por semana se ela aceitasse ter relações sexuais com ele sempre que ele quisesse.

Dois anos depois, a apresentadora Gretchen Carlson acusou Roger Ailes de “assédio sexual grave e persistente” e de, ao mesmo tempo, prejudicar propositadamente a sua carreira, ao suspender o seu aumento de salário e ao alterar o seu programa para horários com menos audiência, depois de ela recusar ter relações sexuais.

Carlson explicou ainda que, quando confrontou Ailes, ele respondeu: “Penso que tu e eu deveríamos ter tido uma relação sexual há muito tempo e estarias bem e melhor e eu estaria bem e melhor se isso tivesse acontecido.”

Mais tarde, Gretchen Carlson foi despedida. No entanto, a sua ação foi determinante para que tantas outras mulheres se chegassem à frente e denunciassem o que estava a acontecer (e os casos em que tinham estado envolvidas).

Internamente, vários executivos de topo — homens — ajudavam a encobrir os assédios de Roger Ailes e alguns deles tinham comportamentos semelhantes. A investigação interna conduzida na Fox News só avançou porque foi aprovada pelos filhos de Rupert Murdoch, Lachlan e James, que se tinham desentendido com Ailes por causa de outros assuntos mais corporativos.

De qualquer forma, o problema desenvolveu-se num grande processo judicial, com campanhas difamatórias entre ambos os lados, e Roger Ailes acabou por se demitir do cargo em 2016, 20 anos depois de ter fundado a Fox News. Tornou-se um conselheiro pessoal de Donald Trump até morrer, em 2017, depois de uma queda na sua casa no estado da Flórida.

“Bombshell — O Escândalo” relata toda esta história real, mas também inclui elementos fictícios, como algumas personagens, que acabam por representar uma série de pessoas naquela situação.

 

Fonte: NIT