O uso de canábis para fins recreativos tornou-se legal na passada quarta-feira (17) no Canadá. Em Ontário a idade mínima para adquirir a substância é de 19 anos e cada consumidor só pode ter na sua posse 30 gramas de canábis.

Enquanto a compra de produtos comestíveis com a canábis continua a ser ilegal, o governo autoriza que os consumidores façam este tipo de comida e/ou bebida nas suas próprias casas. Os residentes também estão limitados a cultivar no máximo quatro plantas na sua moradia.

De acordo com a lei, the Cannabis Act, que permanece em vigor até o governo de Doug Ford aprovar a Lei de Emenda à Lei sobre o Estatuto da Canábis, ninguém pode fumar canábis num local público, de trabalho, veículo ou barco.

Em agosto, o governo provincial anunciou que as regras para consumo de canábis iam ser equiparadas à do consumo do tabaco e prometeu mão pesada para quem for apanhado a conduzir sob o efeito da substância ou a vendê-la a menores.

Os polícias receberam formação para detetar a presença da substância nos condutores e já foi criado um aparelho semelhante ao que faz o controlo do álcool.

De acordo com a atual lei, os consumidores podem fumar em residências particulares. No entanto, os senhorios e a administração dos condomínios têm autoridade para restringir ou proibir o consumo da substância.

Canábis em Ontário só online…para já

O Ontário Cannabis Store (OCS) é o único lugar para comprar legalmente a canábis em Ontário, pelo menos até abril de 2019. Perante tal fluxo de informação, o Milénio Stadium simulou os passos que o comprador tem de seguir até adquirir o produto.

Primeiro temos de preencher a nossa data de nascimento da seguinte forma – dia, mês e ano e depois as informações são verificadas pelo servidor da página. O segundo passo é colocar uma cruz que confirma que a informação é válida e que temos mais de 19 anos. Depois seguem-se dois secções: “ler mais sobre a canábis” ou “começar a comprar”.

Podemos adquirir três tipos de canábis: sativa, indica e híbrida e um dos tópicos que pode explorar na página são “efeitos da substância” e “algumas das principais razões para uso recreativo”.

Os consumidores recreativos usam a canábis para relaxar; para se sentirem mais eufóricos, mais sociais e mais energéticos; para aumentarem os níveis de concentração, criatividade e produtividade e para aumentar o apetite e até a excitação.

Podemos adquirir a planta seca, em óleo, em cápsulas ou pré enrolada numa espécie de cigarro e o site disponibiliza uma grande variedade de acessórios comuns no consumo da substância, como exemplo de cachimbos, mortalhas, frascos para armazenar o produto, etc.

O preço dos óleos que surgem em forma de vaporizador ou gotas varia entre $82.95 e $140.15. Alguns dos óleos podem ser administrados por via oral e segundo os especialistas o óleo demora em média duas horas a atuar no organismo.

Segundo o site do OCS, a encomenda é entregue em média entre um e três dias úteis e ao valor dos produtos acresce $5 de portes de envio. No máximo, a nossa encomenda só pode ter 30 gramas, o valor dos produtos online já inclui taxas e antes de pagarmos temos de aceitar os termos e condições e confirmar que temos 19 anos ou mais.

O resto do processo é semelhante ao de qualquer outra compra online. Primeiro e último nome, morada para onde a encomenda deve ser enviada, província, cidade, telefone e e-mail.

Na altura em que estávamos a fazer a reportagem o website registou tal número de encomendas

que originou um atraso nas entregas em mais dois dias úteis.

Os serviços de correio canadianos entregam canábis em casa para fins medicinais desde 2013. Agora, o processo é semelhante ao que existia desde aí. Na hora da entrega, o consumidor tem de assinar e mostrar um documento que o identifique de forma a que não existam fraudes.

No final acabámos por não comprar, mas este assunto promete continuar a alimentar a imprensa nacional e internacional e quer queiramos ou não, o Canadá anda agora nas bocas do mundo.


Source:Joana Leal/MS