O treinador português José Mourinho afirmou esta quinta-feira ser “demasiado jovem” para se reformar e revelou a intenção de voltar ao “futebol de topo”, depois de ter deixado o comando do Manchester United, em dezembro.

Saiba mais em Jornal de Notícias