Kim Kardashian passou a ser vista como uma esperança para os presidiários americanos e está a ser chamada de "Princesa da Reforma Prisional", de acordo com o site TMZ.

Saiba mais em Jornal de Notícias