Current track

Title

Artist

Current show

Mundo Mix

1:00 pm 5:00 pm

 

Current show

Mundo Mix

1:00 pm 5:00 pm

 

Background

A história real de um homem que saiu do KKK e foi salvo por um reverendo negro

Written by on July 10, 2020

Serviu de inspiração para o filme “Burden — A Redenção”

 

Burden A Redenção - Camões Rádio - EUA

 

Mike Burden é um jovem americano com uma vida atribulada e problemática. Não tem grandes objetivos nem significado na sua vida, é propenso a ter impulsos violentos e faz parte do Klu Klux Klan, onde encontrou um grupo de homens parecidos e se identificou sobretudo com o sentido de pertença.

Burden é um súbdito de Tom Griffin, o líder local do Klan, que o está a preparar para assumir a gerência da Redneck Shop — uma mistura entre loja e museu da organização racista — que fica no interior de um antigo cinema numa pequena cidade do estado americano da Carolina do Sul.

É através de um trabalho que se cruza com Judy Harbeson, mãe solteira de um filho pequeno, Franklin. Judy e Mike desenvolvem uma química imediata, mas Judy é uma pessoa bondosa e adorável que não consegue tolerar o KKK — por isso mesmo, convence Mike a desistir da organização em troca de um futuro com ela.

O melhor amigo de Franklin é Duane, um rapaz negro, e o seu pai é, por acaso, um antigo colega de escola de Mike. No entanto, Tom fica furioso com esta decisão de Mike e vai fazer tudo ao seu alcance para infernizar a vida ao seu antigo amigo — “traidor” do Klu Klux Klan e à sua namorada.

Em circunstâncias muito difíceis, Mike e Judy vão pedir ajuda ao reverendo negro local, Kennedy, cuja missão de amar o próximo vai ser profundamente testada — ele e a sua congregação não querem ajudar um homem do KKK ou que tenha acabado de sair da organização criminosa. Mas acaba por ser o grande salvador da narrativa de “Burden — A Redenção”.

 

O enredo inspira-se numa história real que o realizador e argumentista, Andrew Heckler, descobriu nos anos 90 através do jornal.

“Li o título e guardei na minha pasta de coisas que gostaria de explorar, mas antes que pudesse pegar nisso outra vez, li outro artigo, talvez uns oito meses depois, que dizia que um homem do Klan tinha vendido a Redneck shop a uma igreja baptista negra. Nessa altura eu já não conseguia acreditar, então fui lá”, disse o realizador numa entrevista ao “Los Angeles Times”.

Heckler esteve duas semanas em Laurens, a cidade da Carolina do Sul, e conheceu os verdadeiros reverendo Kennedy e Mike Burden, que lhe contaram a história. Além disso, o realizador visitou a loja, fingindo que se tratava de um supremacista branco — a ideia era perceber como falavam e pensavam os membros do KKK para escrever a história e conhecer o seu contexto.

O guião foi escrito e reescrito muitas vezes ao longo dos tempos. Mais de 20 anos depois, chega aos cinemas. O elenco inclui nomes como Garrett Hedlund, Andrea Riseborough, Forest Whitaker, Tom Wilkinson, Tess Harper, Crystal Fox e Usher Raymond, entre outros.

 

 

Fonte: Nit.pt

Tagged as

Continue reading

DONATE NOW