Current track

Title

Artist

Current show

Por Tudo e Por Nada

9:00 am 1:00 pm

 

Current show

Por Tudo e Por Nada

9:00 am 1:00 pm

 

Background

Artista de Toronto está na Ucrânia a pintar flores nos buracos de balas

Written by on May 18, 2022

Uma artista de Toronto está na Ucrânia a pintar flores nos buracos de balas

 

A invasão russa da Ucrânia atraiu voluntários estrangeiros de todas as partes do mundo, incluindo muitos aqui em Toronto. E uma artista de Toronto encontrou uma forma de fazer a diferença na Ucrânia, transformando as cicatrizes de uma guerra brutal em símbolos de esperança e recuperação.

Ivanka Siolkowsky, ex-professora que se tornou organizadora profissional, ganhou notoriedade nas redes sociais nas últimas semanas pela sua arte inspiradora ao pintar sobre buracos de bala na cidade devastada de Bucha.

 

Siolkowsky é canadiana, mas tem raízes ucranianas sendo este um elemento amargo, mas importante na história da sua família.

“Três dos meus avós foram levados das suas aldeias para a Alemanha durante a Segunda Guerra Mundial. Depois disso, eles vieram para o Canadá e começaram suas vidas lá, onde a diáspora ucraniana é muito grande. Foi assim que a língua e as tradições continuaram.”

Então, quando as tropas russas cruzaram a fronteira ucraniana na maior invasão terrestre europeia desde a guerra que deslocou seus avós, Siolkowsky diz, “não era uma questão de que eu ajudaria de qualquer maneira que pudesse”.

“Esta era/é a mentalidade de todos os ucranianos ao redor do mundo. Todos nós estamos fazendo a nossa parte – estou simplesmente em uma posição em que pude embarcar em um avião, então fiz”.

 

 

Entrar em uma zona de guerra ativa foi surpreendentemente fácil para Siolkowsky, que voou para a Polónia e passou os primeiros dias da guerra a ajudar na evacuação maciça.

“Havia muitas crianças a atravessar sozinhas que precisavam de ajuda, então eu ajudei para garantir que elas chegavam em segurança. Eles sabiam que eu não era uma ameaça.”

 

 

 

Quando questionada sobre suas experiências no país e as cenas que a impactaram, ela diz que “ainda são muito recentes para falar. Ainda estou aqui na Ucrânia e ainda estou a vivenciar isto. Talvez um dia eu possa para falar sobre isso, mas ainda não.”

Quanto ao seu projeto de pintura, Siolkowsky diz que tudo começou quando ela conheceu um homem chamado Sasha que havia perdido não apenas o seu filho na guerra, mas também a sua casa, que foi bombardeada e incendiada.

“Ele disse-me que queria ir embora porque não havia mais alegria nesta cidade. Tudo o que ele vê são buracos de bala numa cerca, lembrando-o da sua perda. Então eu queria apagar esses buracos de bala para ele, para que ele pudesse se lembrar da alegria que já sentiu.”

“Ele disse-me que sua flor favorita eram narcisos, então eu pintei narcisos. O meu objetivo era fazê-lo sorrir, e consegui. Nunca pensei que iria se transformar nisto.”

“Não trouxe muita coisa comigo. Trouxe itens para os soldados que entreguei na chegada, mas para mim trouxe pouquíssimas roupas e apenas itens necessários para a minha segurança.” Ela diz que o seu bem mais valioso tem sido seu colete à prova de balas, que ela usa na maioria dos dias.

Os habitantes locais passaram por mais coisas do que a maioria de nós jamais poderia imaginar, mas Siolkowsky diz que, mesmo diante de tantas dificuldades extremas e derramamento de sangue, “os ucranianos são as pessoas mais hospitaleiras que já conheci”.

Embora Siolkowsky admita que sua herança ucraniana possa ter contribuído para sua recepção calorosa, ela diz que eles ficaram extremamente gratos por toda a ajuda e “são o tipo de pessoa que lhe dará a camisa das costas sem questionar”.

“Certamente senti o amor e senti como se estivesse em casa o tempo todo em que estive aqui”, diz Siolkowsky, que, por através da sua arte, está a ajudar os locais a sentirem-se mais uma vez em casa.

Tagged as

Download our app
android-app-store-app-store-and-android-icons-11553546864dl6gbnzyt2 (1) camoes radio - android-app-store-icons (2)