Current track

Title

Artist

Current show

Antena 1

9:00 pm 12:00 am

 

Current show

Antena 1

9:00 pm 12:00 am

 

Background

Ed Sheeran promete deixar a música se for condenado por plágio

Written by on May 2, 2023

Ed Sheeran condenado por plágio - Camões Rádio - Noticias

 

Ed Sheeran promete deixar a música se for condenado por plágio

 

Sentado no banco de testemunhas, a advogada de Ed Sheeran questionou-o sobre a forma como tem lidado com o julgamento e a acusação de plágio de que é alvo. Na resposta, o cantor britânico foi honesto. “Se [for condenado], acabou-se. Vou parar”, confessou esta segunda-feira, 1 de maio, em mais uma sessão.

“Acho que tudo isto é insultuoso, dedicar toda a minha vida à profissão de intérprete e compositor, para depois ver alguém a menorizar tudo”, acrescentou. O julgamento tem por base a acusação de plágio imputada pelos herdeiros de Ed Townsend, um dos co-autores, com Marvin Gaye, do célebre tema “Let’s Get it On”.

Segundo a acusação, o tema de Sheeran, “Thinking Out Loud” plagia o êxito de 1973. O músico de 32 anos foi assim forçado a viajar até Nova Iorque para participar no julgamento que pretende aferir se foi exatamente isso que aconteceu. Os herdeiros de Townsend pedem uma indemnização de cerca de 100 milhões de euros.

Sentado no banco de testemunhas, a advogada de Ed Sheeran questionou-o sobre a forma como tem lidado com o julgamento e a acusação de plágio de que é alvo. Na resposta, o cantor britânico foi honesto. “Se [for condenado], acabou-se. Vou parar”, confessou esta segunda-feira, 1 de maio, em mais uma sessão.

“Acho que tudo isto é insultuoso, dedicar toda a minha vida à profissão de intérprete e compositor, para depois ver alguém a menorizar tudo”, acrescentou. O julgamento tem por base a acusação de plágio imputada pelos herdeiros de Ed Townsend, um dos co-autores, com Marvin Gaye, do célebre tema “Let’s Get it On”.

Segundo a acusação, o tema de Sheeran, “Thinking Out Loud” plagia o êxito de 1973. O músico de 32 anos foi assim forçado a viajar até Nova Iorque para participar no julgamento que pretende aferir se foi exatamente isso que aconteceu. Os herdeiros de Townsend pedem uma indemnização de cerca de 100 milhões de euros.

“A maioria das canções pop encaixa umas nas outras. Se eu tivesse feito aquilo de que me acusam, seria um perfeito idiota em subir a um palco à frente de 20 mil pessoas e tocar os dois temas”, explicou, referindo-se também a uma das provas da acusação, um vídeo do cantor em palco a saltitar entre os dois temas em discussão.

“Misturo imensas canções nos concertos. Muitas delas têm acordes semelhantes, podemos começar na ‘Let It Be’ à ‘No Woman No Cry’ e vice-versa”, dissse.

 

 

Fonte: NiT