Current track

Title

Artist

Current show

Antena 1

12:00 am 9:00 am

 

Current show

Antena 1

12:00 am 9:00 am

 

Background

Não são os Oasis, mas parecem: inteligência artificial gera álbum com o som da banda

Written by on April 20, 2023

Oasis pela inteligência artificial - Camões Rádio - Música

Não são os Oasis, mas parecem: inteligência artificial gera álbum com o som da banda

 

Há vários anos que os irmãos Liam e Noel Gallagher falam sobre uma possível reunião dos Oasis, que eventualmente há-de acontecer, assegura Liam. Porém, os membros de uma banda britânica chamada Breezes cansaram-se de esperar e construíram um novo disco que soa aos Oasis — graças ao seu talento mas também a um modelo de inteligência artificial.

O projeto começou em 2021, em plena pandemia, quando os músicos estavam aborrecidos e à espera da ideia certa para poderem canalizar a sua energia e criatividade. Lembraram-se assim de criar os AISIS — um cruzamento entre Oasis e “AI”, que é como quem diz “inteligência artificial” em inglês — cujo álbum “The Lost Tapes / Vol. 1” foi lançado nos últimos dias.

Os Breezes imaginaram que os Oasis nunca tinham terminado, ou que se tinham reunido vários anos depois para compor um disco semelhante aos seus primeiros trabalhos, e usaram a inteligência artificial para simular a voz de Liam Gallagher. “Estávamos aborrecidos à espera que os Oasis voltassem”, explicaram.

A imprensa especializada e o público têm elogiado o disco. A única reação da parte dos Oasis veio de Liam Gallagher, que habitualmente responde às questões dos fãs no Twitter. “Olá, Liam, já ouviste o álbum dos AISIS?”, perguntou uma fã. “O álbum não. Ouvi uma música, é melhor do que todas as outras coisas que andam por aí.”

O “The Guardian” diz que as oito faixas do disco são “praticamente indistinguíveis” de um verdadeiro álbum dos Oasis. O jornal britânico descreve que se podem ouvir “melodias realmente cativantes” e chega a enquadrar este som entre o terceiro e o quarto álbum do grupo, “Be Here Now” (1997) e “Standing on the Shoulder of Giants” (2000).

 

Fonte: NiT