Current track

Title

Artist

Current show

Antena 1

12:00 am 8:00 am

 

Current show

Antena 1

12:00 am 8:00 am

 

Background

Jovem cineasta portuense vence importante prémio em Cannes

Written by on May 26, 2022

Jovem cineasta portuense em Cannes _ Camões Rádio _ Filme

A animação “Ice Merchants”, de João Gonzalez, foi considerada melhor curta da Semana da Crítica

À medida que o Festival de Cannes se aproxima do seu termo, com o palmarés da secção oficial a ser revelado ao fim da tarde do próximo sábado, começam a surgir os prémios das restantes secções paralelas. Foi o caso da Semana da Crítica, cuja 61ª edição terminou ontem, com a excelente notícia para o cinema português da conquista do Prémio Descoberta para a melhor curta-metragem pela animação “Ice Merchants”, de João Gonzalez.

Nascido no Porto em 1996, João Gonzalez foi bolseiro da Fundação Calouste Gulbenkian, terminou a licenciatura na ESMAD e foi para Inglaterra concluir o mestrado no conceituado Royal College of Art. Depois de duas primeiras experiências na animação produzidas no quadro escolar dessas instituições, “Ice Merchants” é a sua primeira obra profissional, com produção de Bruno Caetano para a COLA – Coletivo Audiovisual e financiamento também de França e do Reino Unido.

O filme, sobre um homem e o seu filho que saltam de paraquedas todos os dias, da sua casa fria e vertiginosa presa no alto de um precipício, para se deslocarem à aldeia que se situa na planície abaixo, onde vendem o gelo que produzem durante a noite, tem já garantida exibição em vários festivais e comprova o presente de qualidade e o futuro próximo auspicioso da animação portuguesa, no momento em que, finalmente, teremos em Annecy, considerada precisamente a “Cannes da animação”, não uma mas duas longas-metragens neste formato.

Entretanto, a competição oficial pela Palma de Ouro continuou sem grandes rasgos, com a exibição do iraniano “Leila”s Brothers”, de Saeed Roustayi e de “Stars at Noon”, de Claire Denis. O filme iraniano centra-se numa família, precisamente a de Leila que, no meio de dificuldades económicas e de tradições ancestrais a cumprir que exigem uma capacidade financeira que não têm, tentam adquirir uma loja, que poderá garantir o futuro familiar. E é Leila que, no meio de vários irmãos sempre em disputa e com ideias diferentes sobre o caminho a seguir, que terá o melhor plano para resolver a situação. Um papel interpretado pela conhecida Taraneh Alidoosti, que já tinha mostrado o seu talento em Cannes com “O Vendedor”, de Asghar Farhadi, que se encontra precisamente no júri este ano. Um possível prémio de interpretação para a iraniana?

Outra coincidência: o presidente do júri de Cannes 2022 é Vincent Lindon, que esteve há três meses em Berlim, com Claire Denis, para apresentar “Feu”. Ora, terá agora de discutir com os seus pares o novo filme da veterana francesa, “Stars at Noon”, que acompanha a relação amorosa, e as tentativas de escapar do país, de uma jornalista norte-americana e de um homem de negócios britânico que se cruzam na Nicarágua de 1984.

E hoje, quando se apresentam mais três filmes a concorrer à Palma de Ouro, será a vez de “Pacifiction”, do espanhol Albert Serra, com coprodução portuguesa da Rosa Filmes de Joaquim Sapinho. Já visto em Paris pela imprensa francesa, antes da chegada a Cannes, o filme vem já rodeado de uma certa aura, podendo ser o título que o júri necessita para uma sempre desejada Palma de Ouro consensual.

 

Fonte: JN


Download our app
android-app-store-app-store-and-android-icons-11553546864dl6gbnzyt2 (1) camoes radio - android-app-store-icons (2)