Current track

Title

Artist

Current show

Música Variada

5:00 am 6:00 pm

 

Current show

Música Variada

5:00 am 6:00 pm

 

Background

Quase 90% da população mundial tem uma visão preconceituosa sobre a mulher

Written by on March 6, 2020

Mais de 40% da população acredita que os homens são melhores executivos e pelo menos um terço dos homens e das mulheres admitem ser aceitável que um homem bater numa mulher.

 

 

Quase 90% das população tem uma visão preconceituosa sobre a mulher e o seu papel na sociedade. É esta a conclusão de um novo estudo organizado pelo Programa de Desenvolvimento das Nações Unidas que evidencia a gravidade do retrocesso global no que à igualdade de género diz respeito.

A investigação recolheu os dados de 75 países que, juntos, são habitados por mais de 80% da população mundial. E as conclusões não deixam margem para dúvidas: mais de metade das pessoas acredita que os homens têm a capacidade de virem a ser melhores líderes políticos do que as mulheres. Mais de 40% da população acredita que os homens são melhores executivos e pelo menos um terço dos homens e das mulheres confessaram acharem aceitável um homem bater numa mulher.

Os resultados do novo estudo, publicado esta quinta-feira, 5 de março, levou a Programa de Desenvolvimento das Nações Unidas a pedir novas legislações e medidas para que se possa combater, eficazmente, o preconceito enraizada na sociedade. Pedro Conceição, responsável pelo departamento que supervisionou o estudo, considera os resultados absolutamente “chocantes”.

“Já todos sabemos que vivemos num mundo dominado pelo homem, mas com este relatório foi-nos possível traduzir o grau do preconceito em números. E os números são chocantes”, considera, citado pelo jornal britânico “The Guardian”.

E continua: “Aquilo que a nossa investigação mostra é que estamos perante um padrão que se tem vindo a repetir uma e outra vez. Enquanto em muitos países o preconceito está a reduzir, noutros países assistimos a um retrocesso. Se tomarmos como ponto de análise a quantidade de informação que temos, facilmente chegámos à conclusão de que estamos a recuar — que o preconceito, em vez de reduzir, está a crescer.”

Dos 75 países que fizeram parte da recolha de dados, em apenas seis não se registaram quaisquer tipos de preconceito face às mulheres.

Já em países como a Suíça, India e Brasil, os níveis de preconceito face às mulheres cresceram exponencialmente nos últimos nove anos — enquanto que no Reino Unido e nos Estados Unidos registou-se pelo menos um tipo de preconceito em mais de metade da população total.

Os dados sobre Portugal mostram que, embora não seja considerado um dos países as mulheres são discriminadas — pelo menos quando comparado com outros países —, é ainda um país com uma presença masculina muito marcada. Entre o Qatar e o Letónia, Portugal encontra-se no 40.º lugar onde o número de participação ativa e empregada é predominantemente masculina. Em 2018, o ano até onde os dados foram recolhidos, registaram-se 53,9% de mulheres empregadas contra os 64,2% de homens.

A investigação prova também que, no que toca ao número de mulheres com ensino superior, os homens são quem estão novamente na frente — com um valor de 54,8% face aos 53,6% das mulheres.

“Concluímos que, se os números continuarem a crescer, 67 países — onde vivem mais de 2.1 mil milhões de mulheres e raparigas — não vão conseguir atingir nenhuma das medidas essenciais para a igualdade de género estabelecidas para 2030”, concluir o relatório.

 

 

Fonte: MAGG/ Fábio Martins


DONATE NOW