Current track

Title

Artist

Current show

Pegado a Si

3:00 pm 7:00 pm

 

Current show

Pegado a Si

3:00 pm 7:00 pm

 

Background

Chimpanzé que viveu presa durante 29 anos emociona-se ao ver o céu pela primeira vez

Written by on June 28, 2023

Chimpanzé vê céu pela primeira vez - camões rádio - noticia

 

Chimpanzé que viveu presa durante 29 anos emociona-se ao ver o céu pela primeira vez

 

Nos quase 30 anos de vida, Vanilla não conheceu nada além de quatro paredes. Agora, a chimpanzé de 29 anos foi acolhida pelo Save The Chimps, um santuário onde ganhou um novo lar de mais de três hectares para ser livre. E não escondeu a alegria. Num vídeo partilhado pelo espaço este mês, Vanilla e Shake, da mesma espécie, são vistos a conhecer o exterior pela primeira vez. Nesta, a primata fica surpreendia ao ver o céu pela primeira vez.

Vanilla fazia parte de um grupo de animais usado no infame Laboratório de Medicina Experimental e Cirurgia em Primatas, em Nova Iorque, que fechou as portas em 1997. Na altura, tinha cerca de dois anos e apesar das experiências terem chegado ao fim, a sua vida não melhorou. Depois de ter sido resgatada, juntamente com outros primatas foi transferidas para um espaço na Califórnia, onde apesar de ter ganhado um recinto maior, ainda não tinha liberdade.

No laboratório, vivia numa jaula de cerca de 1,5 metros quadrados. Já na Califórnia, num espaço fechado do tamanho de uma garagem. Em 2019, porém, o recinto onde até então vivia foi obrigado a fechar após ter sido ameaço por incêndios florestais. Em 2022, o Save The Chimps resolveu salvá-la.

Com mais de 150 hectares, o espaço localizado na Flórida, nos Estados Unidos, acolhe atualmente mais de 220 primatas e Vanilla e Shake estão entre os mais recentes. A dupla foi solta no novo lar este mês e apesar de Shake ter saído com confiança, Vanilla ficou mais receosa. Mas logo a seguir, saltou para a liberdade (literalmente) e agarrou-se à Dwight, o alfa do grupo, com um braço apertado.

Depois, olhou para cima e não escondeu a surpresa ao ver o céu: com a boca aberta, andou pelo novo recinto a olhar para cima sempre que podia e a tentar entender a imensidão que a recebeu.

Entre os residentes do santuário, estão primatas resgatados de laboratórios, da indústria do entretenimento e do comércio ilegal de animais exóticos. Segundo a organização, muito deles viviam em confinamentos e nunca interagiram com outros animais da espécie. No Save The Chimps, reaprendem a viver.

 

 

Fonte: NiT